Moção de Aplauso nº 003/2011

por toninhobsf — última modificação 23/06/2015 11h40

MOÇÃO DE APLAUSO Nº. 003/2009, de 18 de Março de 2011


Parlamentar: JULIO PEREIRA DE SOUSA, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro –PMDB15, Vereador com assento nesta Egrégia Casa Legislativa, com o mais amplo respaldo no Art. 140, IV do Regimento Interno, vem com o devido respeito apresentar a seguinte MOÇÃO DE LOUVOR:

A briosa Polícia Militar do Estado da Paraíba, nas pessoas dos Policiais:

Cap. Guimarães; Sgt. Francivaldo; Cb. F. Oliveira; Cb. Jodiel (VTR 1299). Sgt. João Pedro; Sgt. Lacerda; Cb. Alexandria; Sd. Alírio; Sd. Timóteo; Sd. Pedrosa; Sd. Franciel (VTR 1243). Sgt. Moura; Cb. Gratuliano; Sd. Valdetário; Sd. Gerismá (VTR 1245), Todos do 6º BPM da Cidade de Cajazeiras; e Ten. Joalison; Cb. Françualdo; Sd. Aldelir; Sd. Lúcio (VTR 1244). Tem. Ricardo Lima; Cb. Helton; Sd. Candeia (VTR 1300). Cb. Jandimarcos; S. Cícero; Sd. Cabral; Sd. Renato (VTR 1314), Todos do 14º BPM da Cidade de Sousa.

Tendo por JUSTIFICATIVA:

A Sociedade em geral, deseja sempre anunciar atos de grandeza da força policial, que se torna a cada dia esteio do seu equilíbrio total. A forma responsável, ordeira e simpática com a qual se portaram os policiais citados nesta MOÇÃO DE APLAUSO, durante operação no Sítio Areias, neste Município, envolvendo episódio de ordem desordenada, própria a vida de pessoa comum de mais alto quilate social, porém, envolvida em desequilíbrio psicológico, determina que os representantes do povo ofereçam manifesto responsável e concreto, que se reproduzam como gesto de agradecimento.

Neste momento em que crises por melhorias salariais e outros fatos que enveredam por desencontros de informações, dando conta que a força estadual não atuou como deveria em determinados fatos, em horas como estas se tornam perfeitamente perceptíveis, fazendo crer a todos de que a ação da Policial é sempre voltada para o bem estar social e se algo não importa em glória, não foi desejo de impor infortúnio ao Governo ou ao Cidadão, mas, involuntariamente, ocorrência indesejada.

O sentimento fardado se resume no querer impor PAZ, mesmo que pela força, pois, sem ela não haveria segurança, por mínima que fosse.

Que a comunidade de Bonito de Santa Fé, acompanhe este gesto do Poder Legislativo e ajude a fazer a Paraíba conhecedora da magnânima ação policial militar, tomada, para manter viva e ardentemente amável um povo, uma família.

É ato de JUSTIÇA e JUSTIÇA PLENA!   

 

Plenário Áurea Dias de Almeida, da Casa de Antonio Dias de Lima, em 18 de Março de 2011.

 

Vereador Julio Pereira de Sousa – PMDB12

Proponente